quinta-feira, 11 de agosto de 2011

3o CURSO DE EXERCÍCIOS DE MICROECONOMIA CESPE



1.(SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR/ ECONOMISTA/ CESPE/ 2011) Em relação à oferta de bens, serviços e fatores, incluindo a teoria da produção e dos custos, julgue os itens a seguir.

a.)    Para maximizar seus lucros, as firmas deveriam escolher o nível de produção em que a diferença entre a receita marginal e o custo marginal fosse a maior possível. 
b.)    Se a equalização do preço de consultas de psicólogos e psiquiatras gerar redução do número de psiquiatras formados pelas escolas de medicina, então, para os psiquiatras, a curva de oferta de longo prazo será mais elástica que a curva de oferta de curto prazo. 
c.)    Em uma indústria competitiva caracterizada por custos decrescentes, aumentos da quantidade ofertada coexistem com reduções no preço do produto desse setor, gerando uma curva de oferta de longo prazo negativamente inclinada. 
d.)    Se determinada indústria utilizar os insumos em proporção fixa, a taxa marginal de substituição técnica e a elasticidade de substituição entre esses fatores serão nulas. 

2.(SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR/ ECONOMISTA/ CESPE/ 2011) Julgue os itens que se seguem, acerca das teorias da competição.
a.)    Nos shopping centers, muitas lojas de vestuário disputam a clientela desses centros de compras por meio da diferenciação do seu produto. O fato de várias dessas lojas terem poucos compradores ilustra o excesso de capacidade que caracteriza a concorrência monopolística, o que não impede que esses estabelecimentos, no longo prazo, minimizem seus custos médios. 
b.)     No modelo da curva de demanda quebrada, exemplo de oligopólio colusivo, supõe-se que, se uma firma elevar seus preços, suas concorrentes farão o mesmo, o que favorecerá a estabilidade de preços nesse mercado. 
c.)    Os lucros adicionais dos monopólios discriminadores de preço correspondem à perda monetária dos consumidores. 
d.)   A existência de monopólio bilateral no mercado de trabalho garante que a alocação do fator trabalho seja eficiente, pois o salário fixado nesse mercado corresponde àquele que seria estabelecido em um mercado competitivo. 


3. ( TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO/ ECONOMISTA/ CESPE/ 2011) Acerca de custos de produção, julgue os itens subsecutivos.
a.) O custo de depreciação anual do capital ou custo de uso do capital corresponde a quanto o capital perde de seu valor anualmente em razão de seu uso ou de sua obsolescência. 
b.)O caminho de expansão, curva que une os pontos de tangência entre as linhas de isocusto e as isoquantas, apresenta combinações de trabalho e capital pelas quais a empresa deve optar para minimizar os custos em cada um dos níveis de produção. 
c.)Uma empresa pode amortizar seus custos irreversíveis tratando-os como se fossem custos fixos. 


4.(ANALISTA DE ATIVIDADES DO MEIO AMBIENTE/ ECONOMISTA/ EBRAM/ CESPE/ 2009) A teoria microeconômica estuda o processo de decisão dos agentes econômicos, incluindo consumidores e produtores. A esse respeito, julgue os itens seguintes.
a.) A disseminação da medição individualizada de água em condomínios, por reduzir a quantidade de água utilizada, conduz a um deslocamento ao longo da curva de demanda de água tratada. 

b.) Se determinado consumidor aloca mensalmente parte de seu salário entre dois bens, x e y, e se a utilidade marginal do bem x for superior àquela referente ao bem y, então, para elevar seu nível de utilidade, o consumidor deve reduzir o consumo de x e elevar o consumo de y.

c.) Para as empresas competitivas que usam o óleo dísel como insumo, a redução de 15% do preço desse combustível desloca as curvas de custo marginal dessas empresas para baixo e para a direita e conduz à expansão da produção dessas empresas. 

d.) As frequentes guerras de preço entre companhias aéreas se devem não somente ao fato de que grande parte dos passageiros faz suas escolhas com base em preços e horários, mas também à utilização de complexos sistemas de discriminação de preços que dificultam a colusão tácita entre empresas e, ainda, ao fato de que as barreiras à entrada no setor não são muito elevadas. 


e.) Programas de pesquisa e desenvolvimento que elevam a capacitação da mão de obra e introduzem processos produtivos mais eficientes, empreendidos por empresas de uma indústria, beneficiam as empresas que não desenvolveram esses programas e, portanto, geram economias externas de escala para as empresas não-participantes.


5. (MPU/ CESPE/ 2010) Em um processo produtivo, empresas procuram se comportar de maneira eficiente transformando fatores de produção em produtos. Com relação a esse assunto, julgue os itens que se seguem.

A.)    (     ) Quando há rendimentos crescentes de escala as isoquantas situam-se cada vez mais próximas umas das outras, à medida que os insumos aumentam. 
B.)   (     ) A distância vertical entre as curvas de custo total e de custo variável é igual ao custo fixo. 

C.)   (     ) Em uma economia em que somente o insumo trabalho é variável e o volume de produção é crescente o produto marginal é sempre positivo.

D.)  (     ) No ponto em que a produção é maximizada a inclinação da tangente da curva do produto total é zero.

E.)   (     ) A lei dos rendimentos marginais decrescentes pressupõe que podem ocorrer alterações na qualidade da mão de obra à medida que há aumento das unidades de trabalho no processo produtivo.

6. ( Analista perito em economia / MPU/ cespe/ 2010). Considere que o custo de produção de uma empresa monopolista seja C(Q) = 50 + Q2 e que a curva de inversa de mercado seja P(Q) = 40 – Q, em que Q é a quantidade demandada e P(Q) é o preço. Com base nessas informações, julgue os itens que se seguem.

a.)  O lucro máximo será de 200 unidades monetárias. 
b.)  O lucro médio será de 20 unidades monetárias por unidade produzida. 
c.)   O lucro será maximizado quando Q=10 e P = 30. 

7. ( Analista perito em economia / MPU/ cespe/ 2010). Acerca da determinação de preços e poder de mercado, julque os itens a seguir.
a.) Toda empresa que apresenta custo médio e custo marginal decrescentes para toda a sua produção é considerada um monopólio natural. 
b.) uma empresa monopolista que discrimina preços de acordo com a quantidade consumida da mesma mercadoria/ serviço pratica discriminação perfeita de preço de primeiro grau. 
c.) Caso a elesticidade da demanda seja grande, é correto afirmar que o poder de monopólio da empresa será pequeno. 

CASO DESEJE ASSISTIR A CORREÇÃO DESSES EXERCÍCIOS, CLIQUE AQUI

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

2o CURSO DE EXERCÍCIOS DE MICROECONOMIA CESPE


1.    (BANCO DA AMAZÔNIA/ TÉCNICO CIENTÍFICO/ ECONOMIA/ CESPE/ 2010) Julgue os itens a seguir acerca dos conceitos fundamentais de economia.
a.)Se toda a população economicamente ativa da região amazônica estiver empregada, então os pontos de possibilidades de produção dessa economia regional estarão sobre a sua curva de possibilidades de produção. 
b.)O formato da curva de transformação mostra o fenômeno dos custos crescentes ou dos rendimentos decrescentes. 
c.)O sistema de preços em uma economia de mercado tem papel fundamental na coordenação das decisões dos agentes econômicos. Na economia centralizada, o sistema de preços não tem nenhuma importância. 

2.    (BANCO DA AMAZÔNIA/ TÉCNICO CIENTÍFICO/ ECONOMIA/ CESPE/ 2010)Considere que o estado do Pará pode produzir, em um ano, 200 milhões de sacas de castanha-do-pará ou 600 milhões de sacas de açaí, ou uma combinação desses dois produtos. O estado do Maranhão pode produzir 200 milhões de sacas de castanha-do-pará ou 200 milhões de sacas de açaí, ou uma combinação desses dois produtos. A partir dessas informações, julgue os itens que se seguem.
a.) Com relação aos produtos citados, a curva de possibilidades de produção do estado do Maranhão ficará sempre à esquerda da curva de possibilidades de produção do estado do Pará. 
b.) Os custos de oportunidade da produção de uma saca de castanha-do-pará para os estados do Pará e Maranhão serão, respectivamente, iguais a e 1 saca de açaí. 
c.) Caso o estado do Maranhão se disponha a trocar uma saca de castanha-do-pará por duas sacas de açaí do estado do Pará, então essa transação será igualmente vantajosa para os dois estados. 

3.    (BANCO DA AMAZÔNIA/ TÉCNICO CIENTÍFICO/ ECONOMIA/ CESPE/ 2010)Acerca da teoria do consumidor, julgue os itens subsequentes.
a.) Considere que um empresário ao revelar sua preferência em construir uma fábrica em Manaus em vez de construí-la em Belém e em Belém em vez de construí-la em Porto Velho implique a sua preferência em construir tal fábrica em Manaus em vez de construí-la em Porto Velho. Nesse caso, tem-se um exemplo da preferência do empresário ser transitiva.
b.) Preferir Boa Vista a Porto Velho seria um exemplo de utilidade ordinal. A grandeza dessa preferência (utilidade cardinal) em nada afeta essa escolha. 
c.) Considere que os bens substitutos perfeitos, x1 e x2 , sejam representados pela função de utilidade u(x1, x2) = x1+ x2. Nesse caso, a função de utilidade v(x1, x2) = (x1+ x2)2 não pode representar a preferência pelos mesmos dois bens substitutos. 


4.    (BANCO DA AMAZÔNIA/ TÉCNICO CIENTÍFICO/ ECONOMIA/ CESPE/ 2010)
                  Tarifa de ônibus pode ir para R$ 1,90
A proposta de aumento das passagens de ônibus de Belém e Ananindeua sai segunda-feira, 1.º de fevereiro. Segundo o DIEESE, uma planilha de custos mostra que há defasagem na atual tarifa, já que, segundo justificativas das empresas, houve aumento do salário mínimo, de peças e de combustível. No dia seguinte, a companhia chegou a divulgar uma planilha técnica com a proposta do aumento da passagem de R$ 1,70 para R$ 1,90, com reajuste de 11,76%.
Com referência ao assunto abordado no texto acima, julgue os itens que se seguem.
a.) Transporte público de ônibus tem característica de serviço com demanda inelástica. Portanto, com o reajuste anunciado espera-se uma redução inferior a 11,76% na quantidade de passageiros transportados. 
b.) Considere que uma greve dos motoristas e cobradores de ônibus por aumento de salários acarrete um aumento no preço das passagens superior aos 11,76% anunciados. Nesse caso, se o transporte público de ônibus tiver característica de serviço com demanda inelástica e se as demais variáveis envolvidas no setor forem mantidas constantes, então esse aumento de preços ocasionará redução no lucro dos empresários. 
c.) Caso o coeficiente de elasticidade da demanda por transporte público de ônibus em Belém e Ananindeua seja igual a 0,5, então haverá uma redução, entre 8% e 10%, na quantidade demandada por transporte público. 
d.) Com demanda inelástica, o aumento da oferta de transporte com a colocação de mais ônibus nas ruas aumenta a receita dos empresários. 
________

5.    (BANCO DA AMAZÔNIA/ TÉCNICO CIENTÍFICO/ ECONOMIA/ CESPE/ 2010)A respeito das curvas de custo, julgue os itens subsequentes.
a.) A curva de custo marginal passa pelos pontos de mínimo das curvas de custo variável e de custo médio. 
b.) A área abaixo da curva de custo variável do produto, que se estende até o eixo y, fornece o custo marginal de se produzir y unidades do produto. 
c.) A curva de custo médio alcançará seu ponto de mínimo quando o custo médio se igualar ao custo marginal. 
d.) Em uma escolha de produção ótima, os custos marginais de curto prazo se igualam aos custos de produção de longo prazo. 

6.    (BANCO DA AMAZÔNIA/ TÉCNICO CIENTÍFICO/ ECONOMIA/ CESPE/ 2010)Constantemente empresários demandam créditos subsidiados em instituições financeiras públicas, alegando dificuldades nos negócios. Com relação à decisão de produzir e ofertar bens no mercado, julgue os itens que se seguem.
a.) Uma condição para o encerramento de uma empresa é os custos marginais excederem os preços cobrados pela empresa. 
b.) Se os preços praticados por uma empresa forem iguais aos seus custos médios, então o seu lucro será zero e, portanto, será viável encerrar sua produção e fechar a empresa. 
c.) Se os preços praticados por uma empresa forem inferiores aos seus custos médios, então seu lucro será negativo e, portanto, será viável encerrar sua produção e fechar a empresa. 


7.    (BANCO DA AMAZÔNIA/ TÉCNICO CIENTÍFICO/ ECONOMIA/adaptada/ CESPE/ 2010)Julgue os itens seguintes acerca das formas e de regulação de mercados.
a.) Empresas monopolistas e empresas em mercados de concorrência perfeita maximizarão seus lucros quando suas receitas marginais e seus custos marginais se igualarem. 
b.) Impostos que incidem apenas sobre o lucro de um monopolista não têm efeito sobre a sua escolha de produção. 
c.) O monopsonista não adquire mercadorias por preço inferior ao seu valor marginal. 
d.) Se o regulador exigir que um monopolista natural pratique preços aos níveis dos seus custos marginais, então, nesse caso, o monopólio atingirá um nível de produção eficiente com preços abaixo dos seus custos médios. 
e.) Devido à heterogeneidade dos demandantes de crédito bancário, é lucrativo para um banco monopolista praticar discriminação perfeita de preços com juros diferentes para cada tipo de cliente. 
f.) Considere que para uma empresa monopolista o custo total de produção seja expresso por C(Q) = 50 + Q2 . Nesse caso, em um mercado com demanda inversa expressa por P(Q) = 40 - Q, a empresa terá um lucro máximo L = 150 ao nível ótimo de produção Q = 10, correspondente ao preço P = 30. 
g.) Em um mercado com características de competição monopolística, uma empresa compete vendendo produtos diferenciados, porém altamente substituíveis uns pelos outros. 
________
 CASO DESEJE VISUALISAR A RESOLUÇÃO DESSAS QUESTÕES, CLIQUE AQUI

1o CURSO DE EXERCÍCIOS DE MICROECONOMIA CESPE

1.      (ANALISTA DE CORREIOS/ ECONOMISTA/ 2011/ CESPE) Julgue os itens seguintes, relativos a conceitos correntes em microeconomia.
a.) A quantidade de bens destinados ao consumo e a alocação de recursos na economia tem como limitadores a tecnologia disponível e os fatores de produção, no curto prazo.

b.) O efeito do avanço tecnológico sobre a curva de possibilidade de produção (CPP) implica um deslocamento da produção para cima e para a direita. Entretanto, um efeito inverso ocorreria sobre a CPP se os estoques dos fatores de produção fossem aumentados.

c.) A economia é o estudo de como a sociedade toma suas decisões em relação aos recursos escassos, decidindo sobre a produção dos bens e a forma de distribuí-los entre o consumo presente ou futuro.

d.) O conceito de escassez de recursos indica que a sociedade tem recursos que são limitados e não pode produzir todos os bens que as pessoas desejam, justificando a não utilização dos recursos do governo com eficiência.


2.      (ANALISTA DE CORREIOS/ ECONOMISTA/ 2011/ CESPE) Julgue os itens a seguir, referentes à demanda, oferta e produção.
a.)           A relação indireta entre o preço de um bem de consumo e o desejo de produzi-lo é verificada na curva de oferta. Isso decorre do fato de que, ceteris paribus, um aumento no preço de mercado do referido bem tende a aumentar a lucratividade das empresas, estimulando-as a elevar a produção desse bem.

b.)           O conceito de estagflação combina produto declinante e preços crescentes, podendo ela originar-se dos efeitos oriundos de um choque de oferta adverso com aumento dos custos e dos preços, mas com a demanda agregada mantendo-se constante.

c.)          A demanda do consumidor é definida como a quantidade de bens e serviços que o consumidor está disposto a adquirir em determinado período de tempo. A demanda representa o desejo de comprar um bem, e não a sua efetiva realização.

d.) A elasticidade-renda da demanda mede a variação percentual da renda em relação à variação percentual da quantidade demandada. E, se os bens são normais, a demanda aumenta diante de um aumento na renda, mas, se os bens são inferiores, é esperado que a demanda diminua quando a renda aumenta.


3. (ANALISTA DE CORREIOS/ ECONOMISTA/ 2011/ CESPE) Com relação a custo, equilíbrio, preço e utilidade, julgue os itens que se seguem.
a.) O preço de equilíbrio de mercado representa a interação entre oferta e demanda. A ocorrência do preço de equilíbrio pressupõe que os agentes possuam perfeita informação sobre o mercado.

b.) Entende-se por equilíbrio geral a situação de equilíbrio em que os preços e as quantidades estão em equilíbrio em todos os mercados. O equilíbrio parcial, por sua vez, é definido como a situação em que as quantidades e os preços permanecem fixos em todos os mercados, inclusive no mercado que está sendo analisado.

c.) A presença de custos fixos muito altos pode levar ao aparecimento de economias de escala, criando uma barreira à entrada de novas firmas e sustentando o poder de monopólio.

d.) Define-se custo marginal como o acréscimo no custo variável necessário para produzir uma unidade a mais de produto.


  1. (SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR/ ECONOMISTA/ CESPE/ 2011) A respeito dos conceitos básicos da teoria econômica, julgue os itens subsequentes.
a.)    A redução dos impostos sobre a caderneta de poupança e os fundos de investimentos concorre para deslocar, para cima e para a direita, a fronteira de possibilidades de produção da economia.
b.)    No fluxo circular de bens e serviços, as firmas demandam fatores de produção que são ofertados pelas famílias e, nesse processo, os fluxos monetários vão das empresas para as famílias.
c.)    A visão segundo a qual o objetivo das políticas econômicas deveria ser a maximização do bem-estar dos cidadãos mais pobres e vulneráveis enquadra-se no âmbito da economia positiva.
d.)   Quando pessoas altamente qualificadas e bem pagas se dispõem a pagar mais caro por bens e serviços entregues em domicílio, para evitar filas em lojas e supermercados, observa-se um comportamento que reflete o fato de que esses indivíduos se confrontam com um custo de oportunidade do tempo mais baixo.


5.(SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR/ ECONOMISTA/ modificada/ CESPE/ 2011) No que se refere à teoria do consumidor, julgue os itens a seguir.
a.)  Se, para um dado consumidor, a taxa marginal de substituição entre livros e computadores fosse mais elevada do que a razão entre o preço dos livros e o preço dos computadores, então, ele deveria gastar mais com livros e menos com computadores.
b.) A predominância do efeito renda sobre o efeito substituição explica a inclinação negativa da curva de demanda para quase todos os bens inferiores.
c.) Considerando que, quando o preço de determinado bem aumenta de R$ 100,00 para R$ 150,00, a quantidade demandada desse bem cai de 400 unidades para 100 unidades, então, nesse caso, a elasticidade preço da demanda, computada no ponto médio, é de 1/3.
d.)O fato de um consumidor gastar toda sua renda com alimentos, vestuário e educação é consistente com a existência de elasticidades-renda superiores à unidade para esse três grupos de bens.
e.)  Um choque positivo de produtividade do trabalho, implicando que o salário real se ajuste mais do que proporcionalmente a esse aumento, pode ocasionar desemprego involuntário.
f.)  Políticas de combate às drogas focadas na apreensão e destruição desses narcóticos elevam os gastos dos usuários e afetam relativamente pouco o consumo desses bens.
g.)  Expectativas de que haja queda substancial da taxa de juros cobrada sobre financiamentos de longo prazo deslocam a curva de demanda de imóveis para cima e para a direita, elevando, assim, a quantidade demandada desses bens.
h.)  Curvas de indiferença em forma de círculos concêntricos obedecem ao princípio de que quantidades maiores de determinados bens implicam níveis maiores de satisfação.

6.(SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR/ ECONOMISTA/ CESPE/ 2011) Em relação à oferta de bens, serviços e fatores, incluindo a teoria da produção e dos custos, julgue os itens a seguir.
a.)     A maximização das receitas de determinada empresa ocorre quando ela opera no ponto em que a elasticidade preço da oferta para o seu produto é unitária, acarretando a nulidade de sua receita marginal.
b.)    Fora das grandes metrópoles, serviços de transporte de massas como o metrô teriam custos médios muito elevados, já que o tamanho do mercado não lhes permitiria alcançar a escala mínima de produção exigida por esses serviços, caracterizados por custos fixos elevados.
c.)    Se o preço de um produto de determinada empresa encontrar-se acima do ponto mínimo da curva de custo variável médio e os preços dos insumos sejam dados, a curva de oferta de curto prazo dessa empresa coincidirá com a curva de custo marginal. 

CASO DESEJE ASSISTIR A RESOLUÇÃO DESSAS QUESTÕES, CLIQUE AQUI